Publicado em 14/12/2023

Franquia de Desenvolvimento de Área: entenda como funciona

Franquia de Desenvolvimento de Área: entenda como funciona

Geofusion Victor Melo
LinkedIn
Compartilhe:
franquia-de-desenvolvimento-de-área-1-f

Investir em um modelo de franquia de desenvolvimento de área é algo que pode trazer muitos benefícios tanto ao franqueador quanto ao franqueado.

Afinal, este é um tipo de negócio no qual as lojas ficam concentradas em áreas específicas, o que facilita haver maior conhecimento sobre os consumidores locais.

Desta forma, diversas estratégias podem ser desenhadas de maneira mais precisa e direcionadas ao público-alvo, já que ocorre certa proximidade entre a pessoa responsável pelos estabelecimentos e a população do entorno.

Além disso, é frequente os moradores ou frequentadores de um determinado lugar terem características em comum, como comportamento de consumo e poder de compra similar.

Ou seja, a segmentação para produtos e serviços, ações de marketing, expansão de unidades e inclusive planejamento logístico podem ser otimizados para o crescimento da sua empresa.

No entanto, muita atenção se torna necessária quando se trata desse mercado, pois uma série de variáveis precisam ser levadas em consideração – e dados geográficos são de grande apoio nisso.

Neste conteúdo, falaremos mais a respeito.

kit-expansao-2024

O que é franquia de desenvolvimento de área?

Este é um dos vários tipos de franquias que existem no Brasil, possuindo algumas particularidades em termos de contratos e operação.

Parecido com o modelo máster de negócio, na franquia de desenvolvimento de área o franqueado tem a possibilidade de gerir mais de uma unidade da rede ao mesmo tempo.

Porém, há certas limitações, uma vez que esse direito não pode ser repassado a sub-franqueados, sendo apenas dele a responsabilidade pelos estabelecimentos.

Outro aspecto importante é o fato de haver uma área específica na qual deverá atuar, sendo a dimensão disso variável conforme o planejamento da companhia.

Em outras palavras, esse território talvez corresponda tanto a um bairro quanto a um município ou mesmo regiões inteiras.

Por isso, um bom conhecimento sobre as características desse local é sempre de vital relevância para o sucesso das lojas.

Quais as vantagens de investir em franquias de desenvolvimento de área?

Um dos principais benefícios está justamente no fato de a gestão operacional ficar concentrada em um único franqueado.

Isso faz com que haja diminuição de diversos riscos financeiros, pois se torna menor o número de partes envolvidas que poderiam ficar expostas a flutuações econômicas – o que poderia resultar, portanto, em performance ruim e fechamento de unidades.

Essa centralização também facilita à companhia manter seus padrões de qualidade da marca, pois evita ruídos de comunicação em relação aos sub-franqueados.

Mais do que otimizar processos, nesse tipo de negociação também ocorrem ganhos significativos de mercado.

Uma vez que o responsável pelas lojas passa a ter foco em sua área específica, seu conhecimento sobre o local pode ser aproveitado para estratégias de expansão e marketing.

Deste modo, a empresa consegue direcionar maior atenção a ações correspondentes a territórios mais amplos, como as de abrangência nacional ou internacional.

Como qualificar franqueados para esse tipo de franquia?

Considerando que o nível de compromisso do franqueado neste caso é bastante alto, sua maturidade de mercado também precisa ser.

Portanto, é fundamental que ele tenha experiência no segmento de atuação, conhecendo com profundidade os aspectos que vão levar ao crescimento do negócio.

As competências técnicas e a disponibilidade de recursos financeiros também são importantes, uma vez que esses fatores ajudam a manter tanto a consistência da marca quanto das unidades em caso de eventuais problemas que possam surgir.

Todos esses aspectos podem ser avaliados no processo de seleção dos profissionais que ficarão responsáveis pelas unidades, devendo ser parte também dos acordos firmados dali em diante.

Quanto a isso, o número de lojas a serem abertas – bem como o prazo -, as delimitações a respeito do território de atuação, além das obrigações e direitos do franqueado precisam estar alinhados para que tudo ocorra com eficiência.

Em contrapartida, ele passa a ter como vantagem o fato de possuir exclusividade em uma determinada área.

Consequentemente, surgem as oportunidades de fortalecer a reputação de marca dele em meio à população local, obter um rápido market share e potencializar lucros de maneira exponencial.

Como escolher os melhores locais para um crescimento sustentável?

Uma prática comum em empresas de franchising com grande capilaridade é o apoio ao franqueado na escolha dos pontos comerciais nos quais ele irá trabalhar.

Por meio de ferramentas de inteligência de dados, a empresa identifica exatamente onde há maior quantidade de pessoas com o perfil de consumo que ela considera ideal.

Isso é feito a partir de informações como renda média da população, intenção de gastos para a categoria de produtos vendidos nas lojas, características do negócio e da região em que ficarão os estabelecimentos, entre muitas outras.

Para quem opta pelo modelo de franquia de desenvolvimento de área, esse tipo de análise tem particular relevância, pois permite:

  • Evitar a canibalização: mensurando a distância entre as unidades, a companhia reduz a probabilidade de que uma delas “roube” os clientes da outra;
  • Escolher locais com potencial: neste caso, a empresa expande apenas onde há alto interesse do público pelo que ela tem a oferecer;
  • Traçar áreas de influência: com dados geográficos, é possível descobrir o quanto as pessoas estão dispostas a se deslocar para comprar determinados itens;
  • Mapear concorrentes: nessa estratégia, adquire-se vantagem competitiva ao realizar aberturas em lugares com pouca presença de outros players;
  • Estimar fluxo de passantes: identificando locais com bom tráfego viário e de pedestres, a franquia aproveita a oportunidade de realizar vendas de conveniência.

Ambas as partes do acordo saem beneficiadas neste processo, ocorrendo uma verdadeira relação de “ganha-ganha”.

Afinal, tanto o franqueador quanto o franqueado passam a ter maior confiabilidade de que as lojas serão abertas em regiões que de fato trarão retorno – consequentemente, aumentando as chances de obterem resultados positivos no médio e no longo prazo.

Quer saber mais sobre isso? É só acessar este material inédito que preparamos para você:

ebook-futuro-franchisng
Geofusion Victor Melo
LinkedIn
Compartilhe:
Newsletter

Receba nossos conteúdos exclusivos!


Outras postagens

12 tipos de estoque no varejo e na indústria

Rota de vendas: como fazer com geomarketing

Canais indiretos: o que são e como alcançá-los com geomarketing

Loja perfeita no varejo: o que é e como tornar o ponto de venda mais eficiente