Publicado em 23/01/2024

Projeto de expansão: aprenda como fazer com geomarketing

Projeto de expansão: aprenda como fazer com geomarketing

Geofusion Victor Melo
LinkedIn
Compartilhe:
projeto-de-expansao-1-f

Um projeto de expansão normalmente visa o crescimento empresarial, especialmente no sentido de ganho de market share.

Ele pode envolver a abertura de filiais ou franquias em regiões com demanda reprimida, ou mesmo em localidades onde a concorrência já está presente.

Precisa ser muito bem planejado e executado, sob o risco de colocar a sustentabilidade do negócio em perigo. Contudo, se bem articulado — com números, processos, resultados e objetivos claros —, tem tudo para ser bem-sucedido.

Você sabia que as companhias que melhor se saem em programas de expansão são aquelas que se apoiam em dados geográficos

Nós vamos te mostrar isso ao longo deste blog post, no qual responderemos às seguintes perguntas:

  • O que é um projeto de expansão;
  • Como montá-lo;
  • Por que usar dados de geomarketing no planejamento;
  • Quais parâmetros precisam ser avaliados para medir o sucesso;
  • E muito mais.

Confira!

kit-expansao-2024

O que é um projeto de expansão? 

Também chamado de plano, um projeto de expansão descreve a abordagem de uma empresa para ampliar as operações e aumentar a participação no mercado. Consequentemente, elevar o faturamento e as receitas. 

Ele detalha as etapas que a companhia seguirá para entrar em novos locais – por exemplo, abrindo novas lojas ou permitindo a implementação de franquias.

No detalhe, a maioria dos projetos de expansão costuma contemplar:

  • Análise de viabilidade:
    • Análise SWOT (Forças, Fraquezas, Oportunidades, Ameaças) para avaliar a posição atual do negócio;
    • Dimensionamento de mercado, inclusive para avaliar o desempenho da concorrência;
    • Estudo de praticabilidade da expansão.
  • Planejamento estratégico:
    • Definição de objetivos e metas claros e mensuráveis;
    • Desenvolvimento de um plano de negócios detalhado, incluindo estratégias de mercado, operacionais e financeiras;
    • Identificação de recursos necessários, como capital, pessoal e tecnologia.
  • Plano de financiamento:
    • Avaliação das necessidades de capital;
    • Exploração de opções de financiamento, incluindo empréstimos, investidores, capital de risco, etc.;
    • Projeções financeiras e documentos para apresentar a potenciais credores e financiadores.
  • Controle de conformidade legal e regulatória:
    • Entendimento das legislações locais, nacionais e internacionais (se aplicável);
    • Registro de novas entidades legais ou licenças, se necessário;
    • Consulta com advogados e consultores jurídicos para evitar erros de compliance.
  • Desenvolvimento de infraestrutura e operações:
    • Levantamento das necessidades de adaptação ou construção de novas instalações;
    • Implementação de sistemas de TI e operacionais;
    • Contratação e treinamento de novos funcionários.
  • Estruturação de Marketing e Vendas:
    • Desenvolvimento de uma estratégia de marketing para o novo mercado ou segmento;
    • Adaptação de produtos ou serviços às necessidades e preferências locais;
    • Estabelecimento de canais de vendas e distribuição.
  • Gestão de riscos:
    • Identificação e avaliação de potenciais problemas associados à expansão;
    • Desenho de planos de contingência para mitigar riscos que possam se concretizar;
    • Planos e recursos de monitoramento contínuo, a fim de realizar ajustes em tempo hábil.
  • Diretrizes de implementação e execução:
    • Cronograma de lançamento de operações expandidas conforme planejado;
    • Monitoramento contínuo do progresso em relação aos objetivos estabelecidos;
    • Ajustes operacionais e estratégicos conforme necessário.
  • Avaliação e relatórios de resultados:
    • Definição de mecanismos e recursos para averiguação contínua do desempenho da expansão;
    • Implementação de controles para gerenciar eficientemente as operações expandidas;
    • Criação de meios de coleta de feedbacks com stakeholders para a melhoria contínua;
    • Planificação de formatos de reports de desempenho do projeto.

Como montar um projeto de expansão? 

Para que todas as etapas descritas anteriormente sejam bem-sucedidas, alguns cuidados precisam ser tomados em um projeto de expansão. 

Confira, nos tópicos que seguem, o que você pode fazer para obter sucesso nessa empreitada.

Use dados de geomarketing no planejamento 

Ao explorar dados geográficos no planejamento do projeto de expansão, será possível tomar decisões mais precisas, confiáveis e contextualizadas. 

Digamos que seu objetivo seja abrir novas lojas em outros bairros ou cidades. Neste caso, a análise de dados de geomarketing vai te ajudar a:

  • Fazer pesquisa demográfica — identificar áreas com a população-alvo;
  • Avaliar o poder de compra nas diferentes regiões — contrastando com o tipo de produto ou serviço fornecido;
  • Mapear a concorrência — visualizando se a disputa pelos consumidores da região será acirrada ou moderada; 
  • Analisar a saturação do mercado — para evitar áreas nas quais os consumidores já dispõem de ofertas semelhantes às suas, ou planejar e executar campanhas de diferenciação;
  • Avaliar acessibilidade e visibilidade — verificar fluxos de tráfego, bem como a facilidade com que seus consumidores-alvo podem identificar a loja;
  • Conhecer a disponibilidade de transporte público — considerando  proximidade com estações de metrô, paradas de ônibus e outros modais;
  • Compreender o comportamento do consumidor — preferências de compra, padrões de gastos, entre outras particularidades da cultura local;
  • Projetar vendas e faturamento — observando históricos e também tendências que demonstrem potenciais resultados comerciais em médio e longo prazo;
  • E muito mais.

Empregue métricas e indicadores para projeção, medição de desempenho e de retorno sobre os investimentos

Outro quesito indispensável em um projeto de expansão é a escolha minuciosa de métricas e indicadores (KPIs). Isso tanto para projetar quanto para dimensionar os resultados e retornos sobre os investimentos a serem realizados. 

Lembre-se:

  • Métricas são medidas brutas e de simples composição. Elas normalmente estão no início do processo analítico, quando se transforma dados estruturados em informação. Além disso, conformam a base para a constituição dos KPIs, podendo ser de vários tipos, como valor, quantidade, peso, volume ou outro formato quantitativo.
  • Indicadores são calculados e compostos pelas métricas. Geralmente, inseridos no momento do processo analítico, quando informações são transformadas em conhecimento. Eles trazem um valor de abstração para as métricas, direcionando as decisões a serem tomadas pelo gerente do projeto. Ademais, avaliam a performance, auxiliam na análise de tendências, apoiam a melhoria contínua, estimulam a atuação proativa e dão transparência.

Coloque em prática essas dicas para um projeto de expansão eficaz

Aqui estão alguns conselhos que vão te ajudar a fazer com que seu projeto de expansão produza o efeito desejado:

  1. Estabeleça metas específicas para o projeto de expansão, incluindo o número de novas lojas, localizações alvo e prazos.
  2. Realize estudos de viabilidade para cada local avaliado, considerando fatores como demografia, concorrência e potencial de mercado.
  3. Elabore um orçamento detalhado, incluindo custos de instalação, operação e marketing, além de previsões de receita.
  4. Use ferramentas de inteligência geográfica e análise de dados para tomar decisões baseadas em informações precisas e atualizadas.
  5. Identifique e avalie os riscos potenciais do projeto, desenvolvendo planos de contingência para mitigá-los.
  6. Mantenha uma comunicação clara e contínua com todas as partes envolvidas, incluindo equipes internas, fornecedores e stakeholders.
  7. Acompanhe o progresso do projeto regularmente e esteja em prontidão para fazer ajustes conforme necessário para garantir o sucesso da expansão.

Conclusão

O desenvolvimento de um projeto de expansão de negócios é crucial para proprietários de empresas que desejam crescer e permanecer competitivos.

Ele fornece um roteiro para a tomada de decisões, garante que os recursos sejam utilizados de forma eficiente e ajuda a garantir o financiamento de investidores ou credores. 

Quando bem executado, um plano de expansão ajuda a companhia a crescer e alcançar sucesso e rentabilidade a longo prazo.

A boa notícia é que é possível estruturá-lo e implementá-lo com auxílio de alta tecnologia. Um exemplo são as plataformas de geomarketing, como a da Geofusion. Com ele, é possível fazer análises geográficas detalhadas e precisas, potencializando os resultados do projeto de expansão.

Quer saber mais sobre isso? É só acessar nosso material exclusivo:

whitepaper-geofusion
Geofusion Victor Melo
LinkedIn
Compartilhe:
Newsletter

Receba nossos conteúdos exclusivos!


Outras postagens

6 formas de planejar e executar sua captação de alunos

Como abrir uma franquia com inteligência geográfica

Sell in e sell out: o que é e como vender mais com geomarketing

Strip Malls: o que são e quais as vantagens no varejo