Publicado em 05/04/2024

Expansão na indústria: o que é, boas práticas e como ocorre

Expansão na indústria: o que é, boas práticas e como ocorre

Geofusion Victor Melo
LinkedIn
Compartilhe:
expansao-nas-industrias-1-f

A expansão na indústria é um tema bem atual em nosso país e em boa parte do ocidente.

De maneira geral, envolve o incremento de capacidade produtiva, aquisição e desenvolvimento de tecnologias, entre outras frentes.

Contudo, os industriais já estabelecidos, e quem vai empreender no setor, devem se preparar para isso.

E é sobre este tema que vamos te ajudar a refletir ao longo deste artigo.

Continue lendo para ver:

  • o que é, afinal, a expansão na indústria;
  • de que maneira a expansão industrial normalmente acontece;
  • por que um planejamento como esse deve contemplar a prospecção de PDVs em novos territórios;
  • como usar o geomarketing na elaboração e na execução do projeto;
  • e muito mais!

Expansão na indústria: o que é?

Quando falamos em expansão na indústria estamos nos referindo ao processo de crescimento do market share e da ampliação sustentável das atividades neste setor. 

No detalhe, isso visa uma série — combinada ou não — de objetivos, como:

  • aumentar a capacidade de produção;
  • penetrar em novos mercados;
  • diversificar a linha de produtos ou serviços;
  • melhorar sua posição competitiva;
  • entre outros.

Normalmente, o principal objetivo dessa iniciativa é sustentar o crescimento a longo prazo da empresa.

Isso pode ser respondendo às demandas do mercado, aproveitando novas oportunidades de negócios ou enfrentando a concorrência de forma mais eficaz. 

Essa não é tarefa fácil, uma vez que o ambiente macroeconômico precisa ser favorável.

Além disso, há toda uma inteligência que precisa ser acionada pelas companhias objetivando planejamento e ações certeiros — investimentos neste setor devem ser finamente calculados.

→ Confira, no quadro a seguir, o que normalmente compõe um projeto de expansão nas indústrias:

As principais etapas de um projeto de expansão na indústria
Análise de viabilidadeAnálise SWOT, dimensionamento de mercado, estudo de praticabilidade.
Planejamento estratégicoDefinição de objetivos, plano de negócios, identificação de recursos.
Plano de financiamentoNecessidades de capital, opções de financiamento, projeções financeiras.
Controle de conformidade legal e regulatóriaLegislações, registro de entidades/licenças, consulta jurídica.
Desenvolvimento de infraestrutura e operaçõesNecessidades de instalações, sistemas de TI, contratação e treinamento.
Estruturação de Marketing e VendasEstratégia de marketing, adaptação de produtos, canais comerciais e de distribuição.
Gestão de riscosIdentificação de problemas potenciais, planos de contingência e monitoramento contínuo.
Diretrizes de implementação e ExecuçãoCronograma de lançamento, monitoramento do progresso, realização de ajustes necessários.
Avaliação e relatórios de ResultadosMecanismos de averiguação, controles de gestão, feedbacks e reports.
ebook-como-industrias-de-bens-de-consumo-vendem-mais-com-geomarketing

Como ocorre a expansão na indústria?

Em linhas gerais, quando olhamos para o passado recente da expansão da indústria no Brasil, podemos observar algumas frentes pelas quais ela acontece. Confira, a seguir, um detalhamento das principais. 

Investimentos em novas tecnologias

Em primeiro lugar, a incorporação de tecnologias avançadas nos processos produtivos é determinante nos projetos de expansão. 

Este investimento em inovação tecnológica deve abranger desde a automação de linhas de produção até a gestão estratégica, inclusive no que diz respeito à adequação à chamada Indústria 4.0.

Ele passa pela adoção de soluções de Inteligência Artificial e Internet das Coisas (IoT) para otimizar operações e melhorar a eficiência.

Isso para manter custos sob controle, minimizar impactos socioambientais, entre outros desafios próprios do momento competitivo do setor. 

Aumento de mão de obra

O crescimento da indústria também demanda um aumento na força de trabalho. 

Este aspecto vai além da quantidade de profissionais, perpassando também sua qualificação.

Ou seja, cabe às indústrias investirem no desenvolvimento das novas habilidades que os profissionais precisam ter para operar — análise de dados, design de produtos e engenharia avançada, por exemplo.

Neste ponto, o Brasil oferece oportunidades: há grande quantidade de talentos, muitos já qualificados, outros com ampla capacidade de aprendizado.

→ Leia também:

Lançamentos de novas linhas de produtos

Não é possível falar em expansão na indústria sem inovação no portfólio de produtos

O lançamento de novas linhas e categorias, bem como a revitalização dos produtos, permitem às empresas explorar novos segmentos de mercado, atender a demandas emergentes dos consumidores e gerar diferenciação da concorrência. 

Obviamente, ele requer um processo contínuo de pesquisa e desenvolvimento (P&D), testes mercadológicos e estratégias de Marketing afinadas.

Prospecção de PDVs em novos territórios

Paralelamente, a descoberta de pontos de venda (PDVs) em novos territórios precisa fazer parte do planejamento de expansão na indústria.

E esta é outra vantagem a favor dos industriais brasileiros: nosso país tem dimensões continentais; ao mesmo tempo, uma única língua e referenciais culturais compartilhados em todas as regiões. 

Basicamente, a prospecção de novos PDVs requer uma análise cuidadosa do potencial das localidades nas quais se quer atuar e da logística de distribuição.

Além disso, é necessário estabelecer parcerias e adaptações de produtos e serviços às preferências locais.

Como o geomarketing pode auxiliar na expansão industrial? 

Grandes indústrias bem-sucedidas na atualidade têm recorrido ao geomarketing para amparar seus planos de crescimento. Ele, em síntese, diz respeito ao uso de dados geográficos na análise de mercado.

Veja a seguir o detalhamento de alguns pontos nos quais ferramentas e métodos de inteligência geográfica auxiliam na expansão industrial.

Definição de novas localidades 

A utilização de dados georreferenciados fornece insights acionáveis sobre segmentos, regiões, consumidores e concorrentes em potencial

É possível, a partir de um bom sistema de geomarketing, identificar locais para novas instalações, armazéns ou fábricas. 

Para isso, é importante levar em conta variáveis como densidade populacional, poder de compra da região, acessibilidade e proximidade de recursos essenciais.

Avaliação da demanda e do potencial de mercado

Uma decisão de expansão bem-informada requer uma compreensão profunda do potencial mercadológico nas áreas-alvo. 

O geomarketing facilita essa análise ao permitir uma visão clara do tamanho e das características do mercado local. Isso ajuda a tornar as avaliações de demanda para produtos ou serviços mais certeira. 

Além disso, facilita a verificação se essa demanda se compara à oferta existente.

Análise da concorrência

O geomarketing também ajuda a entender o ambiente competitivo. 

Permite mapear a presença de concorrentes diretos e indiretos, identificar áreas de saturação de mercado e localizar nichos pouco explorados. 

Com essa análise ajuda, definir estratégias para diferenciação fica mais fácil e assertivo.

Otimização da cadeia de suprimentos

Como a expansão industrial muitas vezes requer a reestruturação ou ampliação da cadeia de suprimentos, contar com a inteligência geográfica é fundamental. 

Sistemas de geomarketing oferecem dados valiosos para otimizar rotas de transporte, localizar novos fornecedores, distribuidores, potenciais parceiros, entre várias outras possibilidades.

Eles permitem ainda determinar os melhores locais para armazenagem em relação aos PDVs e locais de produção. 

Engajamento e adaptação ao mercado local

O geomarketing também auxilia na adaptação das estratégias de Marketing e Vendas às especificidades de comportamento de consumo e socioeconômicas locais. 

Isso inclui a personalização de campanhas publicitárias, a oferta de produtos ou serviços ajustados às preferências reginonais, o desenvolvimento de promoções que estejam de acordo com o públicos-alvo, entre outros benefícios competitivos.

Planejamento estratégico e tomada de decisão baseada em evidências

Também o fornecimento de uma base sólida de dados para o planejamento é um predicado das soluções e dos métodos de geomarketing. 

Basicamente, eles permitem que as empresas façam projeções mais precisas e fundamentadas. 

Além disso, ao oferecer uma visão panorâmica do mercado, o geomarketing ajuda os gestores a identificar oportunidades de crescimento, avaliar riscos e tomar decisões estratégicas com maior confiança.

→ Leia também:

Conclusão

A expansão industrial carrega consigo um conjunto complexo de desafios. 

Esses percalços exigem uma abordagem meticulosa e baseada em dados para estruturar o projeto e organizar sua execução.

A boa notícia é que o Brasil, ao que tudo indica, possui muitas oportunidades de crescimento. Além disso, há tecnologia, métodos e profissionais qualificados para que as iniciativas de expansão na indústria sejam bem-sucedidas.

Que tal saber mais sobre como o uso de dados pode te auxiliar nesse planejamento? Confira nosso material exclusivo:

ebook-trade-marketing
Geofusion Victor Melo
LinkedIn
Compartilhe:
Newsletter

Receba nossos conteúdos exclusivos!


Outras postagens

Os 15 bairros mais populosos do Brasil e seus dados demográficos

Gestão de estoque: aprenda como fazer com eficiência

Flagship store: saiba tudo sobre esse modelo de loja

Route to Market: o que é e como implementar na sua empresa