Publicado em 28/11/2023

Microfranquias: oportunidades para empreendedores

Microfranquias: oportunidades para empreendedores

Geofusion Hannah Schroer
LinkedIn
Compartilhe:
Microfranquias

Para empreendedores em busca de oportunidades, as microfranquias são um negócio promissor e potencial.

Afinal, as microfranquias vêm ganhando os holofotes do franchising por serem mais baratas do que outros modelos, podendo ser uma porta de entrada para novos empreendedores.

A tendência é que elas continuem ganhando destaque nos próximos anos. Neste artigo você vai saber mais sobre as oportunidades em microfranquias, como escolher a melhor, como está o mercado de microfranquias no Brasil e quais ferramentas te ajudam nessa empreitada.

Siga lendo!

Oportunidades em microfranquias

Em junho de 2023, a Associação Brasileira de Franchising (ABF) comunicou que a quantia máxima para investimento em microfranquias passaria de R$ 105 mil para R$ 135 mil a partir de julho.

Com a nova orientação da ABF, o número de microfranquias exclusivas associadas cresceu de 216 para 314. Já as redes que combinam diferentes modelos de negócios aumentaram de 219 para 280.

“O mercado de franquias é, sem dúvida, o que movimenta sempre os melhores índices de crescimento. As microfranquias, por terem um investimento mais baixo, estão ganhando bastante força, principalmente para os empreendedores de primeira viagem”.

Isso é o que diz Sylvio Korytowski, sócio da Kick Off Consultores, membro do Conselho Fiscal e Comitê Gestor de Internacionalização da ABF e do Conselho de Varejo da Associação Comercial de São Paulo.

Dessa forma, as microfranquias são uma opção interessante no mercado, oferecendo oportunidades para empreendedores que desejam iniciar um negócio com investimento inicial mais baixo em comparação com franquias tradicionais.

Veja abaixo algumas características e oportunidades no mercado de microfranquias:

  • Investimento inicial acessível: Uma das principais vantagens das microfranquias é o investimento inicial relativamente baixo. Isso torna o modelo de negócios acessível para empreendedores com orçamento mais limitado.
  • Suporte da franqueadora: Apesar do tamanho menor, as microfranquias geralmente oferecem suporte da franqueadora, como treinamento, fornecimento de produtos, suporte de marketing e assistência operacional.
  • Segmentos diversificados: O mercado de microfranquias abrange uma variedade de setores, desde alimentação e serviços até educação e saúde. Assim, os empreendedores podem escolher o setor mais alinhado com seus interesses e experiência.
  • Rápido retorno do investimento: Devido ao investimento inicial menor e ao suporte oferecido pela franqueadora, as microfranquias oferecem um retorno mais rápido do investimento.

Mercado de microfranquias no Brasil

Segundo o Sebrae, no primeiro semestre de 2023, o Brasil teve um saldo positivo de 868,8 mil pequenos empreendimentos criados no país. Entre eles estão as microempresas, empresas de pequeno porte e microempreendedores individuais (MEI).

As microfranquias despontam como oportunidades para todos os objetivos e níveis de investimento. Afinal, esse tipo de negócio exige investimentos que vão desde R$ 2 mil até um teto de R$ 135 mil, como você viu alguns parágrafos acima.

Além disso, 2022 foi um ano excelente para o mercado de microfranquias no Brasil. Os números foram expressivos, com crescimento em todos os 11 segmentos elencados pela Associação Brasileira de Franchising (ABF).

Como escolher a melhor microfranquia

Escolher uma microfranquia para investir requer uma análise criteriosa de diversos fatores, pois a decisão impactará diretamente no sucesso do empreendimento.

Dessa forma, é fundamental seguir um processo estruturado para avaliar as opções disponíveis e tomar uma decisão informada.

Veja alguns detalhes importantes para considerar na hora de escolher a melhor microfranquia:

Seus interesses e habilidades

O primeiro passo na escolha da microfranquia ideal é analisar a convergência entre seus próprios interesses e habilidades e o setor de atuação da franquia.

Optar por um ramo que não apenas desperte paixão, mas também esteja alinhado com sua experiência, aumenta substancialmente as chances de sucesso. Além disso, a afinidade pessoal contribui para uma gestão mais eficaz.

Avaliação financeira

Outro aspecto importante é a avaliação financeira. Além do investimento inicial, também é fundamental as projeções de retorno do investimento, custos operacionais e a sustentabilidade financeira a longo prazo.

Uma análise meticulosa dos aspectos financeiros proporciona uma compreensão mais clara sobre a viabilidade do modelo de negócios, permitindo uma decisão embasada e alinhada com seus objetivos financeiros.

Para isso, uma ótima ideia é utilizar uma calculadora de previsão de vendas, capaz de analisar meticulosamente a região onde você pretende abrir a microfranquia e revelar informações privilegiadas sobre o possível faturamento do ponto comercial.

Saiba mais clicando no banner:

Nova call to action

Suporte da franqueadora

O terceiro ponto é o suporte oferecido pela franqueadora. É fundamental investigar a reputação da marca, a satisfação dos franqueados atuais e a transparência nos processos. 

Afinal, o suporte abrangente, que inclui treinamentos especializados, assistência operacional e estratégias de marketing, desempenha um papel essencial no êxito da microfranquia. 

Certifique-se de que a franqueadora está comprometida com o sucesso de seus parceiros para garantir uma parceria sólida e duradoura.

Financiamento e investimento

Entender as diversas opções de financiamento e investimento para uma microfranquia é fundamental para o sucesso do empreendimento. 

Dessa forma, você inicia o empreendimento de forma segura, considerando as diversas nuances do mercado e do futuro público consumidor do negócio.

Entenda o que considerar:

Opções de financiamento

Existem diversas opções de financiamento para abrir microfranquias no mercado. Empréstimos bancários, linhas de crédito específicas para franquias e parcerias com investidores são alguns exemplos para viabilizar o capital inicial.

Alguns programas de financiamento para microfranquias são:

  1. Caixa Mais Franquias: A Caixa Econômica Federal oferece uma gama de produtos de crédito voltados para franquias de diferentes portes. As soluções abrangem desde empréstimos para a abertura do negócio até soluções para implantação, modernização, capital de giro e aquisição de equipamentos.
  2. Santander: O Santander também disponibiliza uma variedade de produtos financeiros voltados para franqueados. Uma dessas soluções é a carta fiança para locação do ponto comercial.
  3. BB Franquia: O Banco do Brasil apresenta uma ampla oferta de serviços para o segmento de franquias, incluindo empréstimos destinados à abertura desses negócios.  Com o produto Crédito para PJ, é possível acessar soluções para fluxo de caixa, aquisição de matéria-prima, financiamento de equipamentos, entre outros.
  4. Empréstimo com garantia de imóvel: Para microfranquias com investimento inicial mais elevado, o empréstimo com garantia de imóvel surge como uma alternativa viável. Essa modalidade oferece uma margem de crédito mais substancial, com taxas de juros reduzidas e prazos de pagamento mais estendidos, sem a necessidade de prestar contas detalhadas sobre o uso do dinheiro.

Plano de investimento

Depois de conseguir o investimento inicial para a microfranquia, é o momento de elaborar um plano para esse capital. Um plano detalhado deve incluir a alocação de recursos para a taxa de franquia, despesas com equipamentos, estoque inicial e custos operacionais.

Desenvolver um plano financeiro bem estruturado não apenas orienta as decisões iniciais, mas também serve como um guia constante para a gestão eficiente das finanças ao longo do desenvolvimento do negócio.

Tenha em mãos dados precisos sobre sua situação financeira atual, considerando as seguintes informações:

  • Salário (bruto e líquido);
  • Gastos fixos;
  • Gastos variáveis;
  • Investimentos já feitos;
  • O quanto é possível investir por mês dentro do cenário financeiro atual.

Retorno sobre o investimento

Uma análise cuidadosa do potencial de retorno sobre o investimento (ROI) é fundamental para avaliar a viabilidade a longo prazo.

Considerar fatores como a projeção de vendas, margens de lucro e despesas operacionais auxilia na formação de expectativas realistas.

O tempo necessário para alcançar o ponto de equilíbrio, muito conhecido como break even, e começar a gerar lucros deve ser meticulosamente avaliado, permitindo uma gestão financeira eficiente e a tomada de decisões estratégicas.

Estratégias de sucesso em microfranquias

Microfranquias

Para fazer sucesso investindo em microfranquias, é fundamental adotar estratégias sólidas e embasadas em dados. Veja algumas dicas abaixo:

Marketing

Um elemento-chave para o sucesso de uma microfranquia é o estabelecimento de um sólido posicionamento de marca. Investir em uma identidade visual marcante e mensagens claras que comuniquem os valores da empresa pode diferenciar o negócio no mercado.

Estratégias de marketing digital, presença nas redes sociais e campanhas regionais ampliam a visibilidade, atraindo potenciais clientes.

Além disso, também é crucial engajar a comunidade local, especialmente no caso de franquias com pontos de venda físicos.

Iniciativas que se conectam com a comunidade, como parcerias com eventos locais, patrocínios e ações de responsabilidade social, não apenas fortalecem a presença da microfranquia, mas também cultivam um relacionamento positivo com o público-alvo.

Gestão eficiente

Uma gestão eficiente começa com uma equipe bem treinada. Investir em programas de treinamento contínuo para os colaboradores assegura a manutenção dos padrões de qualidade e atendimento.

Funcionários capacitados melhoram a eficiência operacional e contribuem para a satisfação do cliente.

Outra dica é a implementação de sistemas de monitoramento de desempenho. Para isso, você pode analisar as metas e os feedbacks dos clientes, por exemplo.

Identifique áreas de melhoria e implemente ajustes estratégicos para o crescimento sustentável do negócio.

Relacionamento com a franqueadora

Para que a microfranquia seja um sucesso, é extremamente importante ter um relacionamento sólido com a franqueadora.

Estabeleça canais de comunicação transparentes, que permitam uma troca constante de informações. Isso facilita a resolução ágil de problemas e a implementação de novas estratégias.

A franqueadora, por sua vez, deve fornecer orientação com base em sua experiência consolidada.

Outra dica é participar ativamente das redes promovidas pela franqueadora. Isso fortalece a integração com outros franqueados para compartilhar melhores práticas, aprender com experiências similares e acessar recursos adicionais oferecidos pela rede de franquias.

Desafios em microfranquias

Existem alguns desafios específicos que os empreendedores de microfranquias podem enfrentar. Veja alguns deles:

  • Investimento inicial: Embora as microfranquias geralmente exijam um investimento menor em comparação com as franquias tradicionais, ainda pode ser um desafio reunir os recursos necessários para iniciar o negócio.
  • Seleção da franquia certa: Escolher a microfranquia certa é crucial. Algumas pessoas podem ter dificuldade em avaliar as opções disponíveis e garantir que a franquia escolhida esteja alinhada com seus interesses, habilidades e o mercado local.
  • Competição local: Dependendo do setor, as microfranquias podem enfrentar uma forte concorrência local. Isso exige estratégias de marketing e diferenciação eficazes para atrair e manter clientes.

Passos para se tornar um franqueado de sucesso

Agora que você já sabe os desafios e as estratégias para as microfranquias, veja abaixo alguns passos para se tornar um franqueado de sucesso:

Preparação inicial

Para se tornar um franqueado de sucesso, é importante pesquisar sobre as diversas opções de franquias antes de tomar qualquer decisão.

Além disso, é fundamental avaliar cuidadosamente suas próprias habilidades, interesses e metas. Nessa fase, obtenha informações detalhadas sobre o histórico da franquia, seu modelo de negócios, e a satisfação dos franqueados existentes.

Além disso, uma boa ideia é participar de eventos e feiras de franquias, onde é possível interagir diretamente com representantes das franquias, esclarecer dúvidas e obter uma compreensão mais aprofundada das expectativas e responsabilidades associadas a cada oportunidade.

Plano de ação

O próximo passo é elaborar um plano de ação. Isso inclui a definição clara de metas de curto, médio e longo prazo, assim como a identificação dos recursos necessários para iniciar e operar a franquia.

Além disso, é importante compreender as obrigações contratuais e financeiras envolvidas, garantindo que haja uma alocação adequada de recursos para o investimento inicial.

O processo de elaboração do plano de ação também deve abranger a definição de estratégias de marketing e operacionais, adaptadas ao contexto local.

Para isso, é necessário uma compreensão profunda do público-alvo, concorrência e características específicas do mercado em que a franquia será estabelecida.

O uso de uma ferramenta de geomarketing é uma excelente forma de conseguir todas essas informações.

Nova call to action

Acompanhamento e melhorias contínuas

Após a implementação do plano de ação, é necessário ter um acompanhamento e realizar melhorias contínuas para o sucesso da microfranquia.

Realize análises periódicas e ajuste estratégias conforme necessário para uma adaptação eficiente às mudanças no mercado e nas demandas dos clientes.

Além disso, manter uma comunicação aberta e constante com a franqueadora é fundamental.

A participação ativa em treinamentos oferecidos, a busca de suporte quando necessário e a contribuição para a rede de franqueados fortalecem a parceria e promovem um ambiente propício ao compartilhamento de boas práticas.

Recursos e ferramentas úteis

As microfranquias, sendo modelos de negócios mais acessíveis e simplificados, podem se beneficiar de diversas ferramentas e recursos para otimizar suas operações e impulsionar o crescimento.

Alguns exemplos são:

  • Sistemas de Gestão Empresarial (ERP): Ferramentas ERP ajudam na gestão integrada de diferentes áreas, como estoque, finanças, vendas e recursos humanos, facilitando a administração da microfranquia.
  • Sistemas de CRM (Customer Relationship Management): O uso de sistemas CRM ajuda na gestão do relacionamento com o cliente, permitindo um acompanhamento mais eficiente das interações, feedback e histórico de compras.
  • Treinamento Online: Plataformas de e-learning são muito úteis para treinar franqueados e funcionários, garantindo consistência nos padrões de serviço e operações.
  • Sistemas de Controle de Estoque: Para microfranquias que lidam com produtos físicos, sistemas de controle de estoque automatizados são cruciais para evitar excessos, faltas e perdas.

Soluções de geomarketing

As soluções de geomarketing da Geofusion fornecem insights fundamentais sobre o mercado, os concorrentes e seu público-alvo. Dessa forma, são recursos extremamente úteis para empreendedores que desejam abrir uma franquia.

Além disso, ferramentas que contam com dados geográficos ajudam sua empresa a identificar os melhores locais para prospecção de clientes, além de facilitar a segmentação de mercado, entender o comportamento do consumidor e localizar áreas com alta demanda pelos seus produtos ou serviços.

Conclusão

Como você viu, as microfranquias são uma excelente opção para quem deseja empreender, já que o mercado de franchising está em crescimento e cheio de oportunidades.

Para te auxiliar a começar com o pé direito ou alavancar o negócio já iniciado, conte com a Geofusion, líder em inteligência geográfica há mais de 27 anos.

Com dados de todos os 5.570 municípios do país, nossas soluções vão auxiliar na distribuição, gestão comercial, localização de público-alvo, conhecimento do seu mercado, expansão comercial e muito mais.

Entre em contato com nossos especialistas e peça uma demonstração:

Geofusion Hannah Schroer
LinkedIn
Compartilhe:
Newsletter

Receba nossos conteúdos exclusivos!


Outras postagens

6 formas de planejar e executar sua captação de alunos

Como abrir uma franquia com inteligência geográfica

Sell in e sell out: o que é e como vender mais com geomarketing

Strip Malls: o que são e quais as vantagens no varejo